Morte Esquecida

 
Morro agora porque ela precisa de vida
Me debato, porque é difficil morrer..
Grito ao léu.. para aquele que nao chegou e nao chega..
Por falta de ajuda e de folego, morro..
Morro, porque soh me resta morrer..
Ela nao quer mais viver com esta dor em seu peito..
E crer que fui ela e que sempre serei..
Me esmaga no jardim onde fui semente e brotei um dia..
Olha a frente e de mim quer esquecer..
Morro agora, porque ela precisa de paz..
Grito alto, quem sabe o encontro antes de morrer..
Ouvindo os meus gritos ela inibe a flexa fatal..
Volto entao ao jardim.. onde te espero a viver..
                    Catere

Leave a Reply