DESERTO INTERNO

Tremo.. 
Tremo de ansiedade e de medo.. 
Fiz o cabelo.. pintei as unhas.. 
Sera que vais gostar de meus cachos?
Rosinha me observa andando de um lado ao outro na casa.. 
Faz um cafe.. 
Estranhamente o acho amargo.. 
Tremo.. 
Não tenho ainda um novo vestido..
Nem um rosto mais novo pra usar..
Me faltam sapatos, brincos e aneis.. 
Tremo..  como uma adolescente insegura.. 
Como uma mulher totalmente  perdida.. 
 
Ja não te vi por ai? 
Logico que ja vi.. 
Ja não te observei na esquina?
Logico que ja.. 
Mas estes teus olhos.. 
Estes teus olhos estranhamente sempre me assustaram.. 
Queres me amar? ou vais me engolir? 
Pensa que nao sei.. que por tras da sua calmaria de lago.. 
bem la no fundo das aguas mora um animal destruidor e terrivel?
E este monstro.. vai me amar ou me devorar ? 
Terei eu alguma escolha.. 
 
Tremo..  
Estou em brasa.. 
Estou em chama.. 
Me consumindo de tanto amor.. 
Amor que espero.. amor que desejo… 
E que hoje bate na porta?
Hoje entrara em meu leito?
Nos uniremos em um so?
Sera hoje, meu Deus?
Sera hoje, meu Deus?
 
                          Narayana.. 

Leave a Reply